Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

Segurança e Saúde na Agricultura é novo tema de App SST Fácil

Arte: Sarah Magri

Em tempos de distanciamento social, aplicativo da Fundacentro pode ser ferramenta para a capacitação de prevencionistas em diversos temas

Por Serviço de Comunicação Social da Fundacentro em 06/05/2020

O aplicativo SST Fácil traz um novo tema: Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura. Por meio de perguntas e respostas, seguindo os princípios do ensino dirigido, o App possibilita o acesso a conteúdos que podem ser aplicados em direferentes setores. Para que os usuários sejam motivados a utilizá-lo, usam-se conceitos de interface motivacional e gamificação.

A primeira etapa a ser cumprida é a introdução, com conceitos básicos de segurança e saúde no trabalho. Depois é possível explorar as diferentes categorias temáticas oferecidas. Transportes se divide em motoboys, caminhoneiros e transporte de trabalhadores rurais. Educação apresenta os assuntos SST nas escolas, jovem aprendiz, inclusão de pessoas com deficiência e, por fim, voz e trabalho. Há ainda as categorias ergonomia e segurança química, que aborda benzeno e segurança em laboratórios; agentes físicos, sobre proteção radiológica; e doenças ocupacionais, que trata da rabdomiólise – adoecimento caracterizado pela quebra muscular e liberação dos constituintes das células no sangue. Os usuários também contam com a nova categoria SST na Agricultura.

O App pode ser uma fonte de capacitação neste momento em que muitos trabalhadores enfrentam o distanciamento social, ao mesmo tempo que continua sendo um aliado dos prevencionistas que atuam em serviços essenciais, como é o caso da agricultura, do transporte e do trabalho em laboratórios.

SST na agricultura

A categoria SST na Agricultura aborda assuntos como trabalho a céu aberto e clima, carga e cuidados com animas peçonhentos, equipamentos e agrotóxicos. A exposição excessiva ao sol, por exemplo, pode provocar insolação, estresse térmico, queimaduras na pele, câncer de pele e cataratas precoces. Mas há práticas para proteger o trabalhador como o descanso na sombra, a utilização de roupas 100% algodão e de manga comprida, a hidratação com água fresca, o uso de protetor solar e de chapéu de abas largas.

Carregar excesso de peso pode causar hérnias, lombalgias e tendinites. Algumas medidas preventivas são manter a carga próxima ao corpo e utilizar o peso do corpo para puxar ou empurrar uma carga. Não se deve torcer ou dobrar a coluna. Em relação aos animais peçonhentos, o App ensina que as pernas e os antebraços são as partes mais atingidas por picadas de cobra na agricultura. Por isso, é importante o uso de Equipamentos de Proteção Individual -EPIs adequados, como botas e luvas.

A parte relativa aos agrotóxicos traz orientações sobre a aplicação dessas substâncias e os cuidados a serem tomados. A etapa mais perigosa é o preparo da calda de agrotóxicos, que deve ser preparada em ambiente aberto, usar vasilhas exclusivas e água limpa, utilizar EPIs completos.

O conteúdo sobre SST na agricultura foi produzido pelo educador Cleiton Faria Lima, pela engenheira agrônoma e de segurança do trabalho, Thais Santiago, e pela psicóloga Leonor de Campos.

Baixe o aplicativo

O App SST Fácil pode ser instalado gratuitamente tanto em celulares com sistema Android quanto iOS. Acesse a Google Play ou a Apple Store para fazer o download.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.