Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

Benzeno é tema de palestra na OAB

Pesquisadora da Fundacentro, Arline Arcuri fala sobre os perigos do benzeno

Cerca de 40 participantes receberam informações sobre os perigos da exposição ao cancerígeno

Por Fundacentro/ACS - Alexandra Rinaldi em 09/08/2019

O benzeno, substância cancerígena e presente em indústrias químicas e petroquímicas, foi tema de palestra apresentada pela pesquisadora da Fundacentro, Arline Sydneia Abel Arcuri no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Osasco.

O Seminário Benzeno e Saúde da Mulher, realizado em 31 de julho teve como objetivo apresentar às mulheres, em especial as frentistas lactantes e gestantes, os riscos presentes no benzeno.

Na palestra, Arcuri contextualizou a toxicidade do benzeno, reconhecida desde 1897, apresentou as primeiras legislações sobre o tema e falou da influência do cancerígeno na saúde. O benzeno pode penetrar a pele através da respiração, atravessar a membrana pulmonar, passando para a corrente sanguínea e se distribuir pelas várias partes do corpo, como o cérebro, causando danos no sistema nervoso central. Na medula óssea, provoca alterações hematológicas.

Nas mulheres, estudos mostram que o benzeno pode causar aborto espontâneo, problemas durante o ciclo menstrual e a diminuição no tamanho dos ovários. Em gestantes, a alta exposição ao benzeno pode gerar bebês com baixo peso ao nascer e haver risco de leucemia na infância.

Pesquisas também apontam que a leucemia na infância está associada ao fato de famílias residirem próximas a postos de gasolina e oficinas mecânicas, locais onde o benzeno está presente na gasolina.

Um outro aspecto que chama a atenção da pesquisadora é o fato de ser muito comum encontrar vendedores ambulantes próximos às bombas de gasolina nos postos de abastecimento, como também o tráfego de jovens ao utilizarem as lojas de conveniência, ficando, dessa forma, mais expostos ao vapor do benzeno.

Outra palestrante, a psicóloga clínica e terapeuta familiar, Sara Resende falou sobre saúde da família e a extensa jornada de trabalho das mulheres.

O seminário também debateu com o público feminino, a saúde da mulher no trabalho, jornada de trabalho e condições adequadas para o exercício da profissão.

O evento foi realizado pelo Sinpospetro de Osasco e Região, Ministério Público do Trabalho, com apoio da OAB, Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) Osasco e Região e Fundacentro.

Acesse a palestra da pesquisadora, Arline Sydneia Abel Arcuri.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.