Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

Livro retrata a história das atividades educativas com servidores penitenciários

Livro retrata a história das atividades educativas com servidores penitenciários/Capa: Matheus A.

Servidora da Fundacentro escreve capítulo sobre o trabalho desenvolvido em ação conjunta com a Superintendência dos Serviços Penitenciários do Rio Grande do Sul (Susepe/RS)

Por Fundacentro/ACS - Débora Maria Santos em 14/06/2019

“Faz parte da natureza do ser humano a capacidade transformadora e pelo poder criativo obter do trabalho um dos estímulos para dar sentido a sua vida e buscar a verdade. Esse processo admirável poderá ser facilitado por meio de ações educativas qualificadas com o objetivo de resgatar a sua magnitude e usá-la na resolução dos problemas”, com essa frase a servidora da Fundacentro (Centro Estadual do Rio Grande do Sul), Maria Muccillo, escreve no capítulo 8 – “Ousadia da descoberta: a magnitude do ser humano criativo e transformador”, no livro: Educação nas Prisões.

Desde 2013, a Fundacentro situada no Rio Grande do Sul vem realizando ação conjunta com a Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe/RS), na qual possibilitou implantar uma cultura de segurança e saúde no trabalho na capacitação dos profissionais das casas prisionais de regime fechado e semiaberto. Essa iniciativa colocou a instituição como responsável por ministrar cursos voltados à prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho com sustentabilidade econômica, ambiental e social.

Além disso, o Centro Regional do Rio Grande do Sul foi peça fundamental para a criação da Comissão Interna de Segurança e Saúde no Serviço Penitenciário (Cissspen) e do Comitê Gestor de Segurança e Saúde no Serviço Penitenciário (COGE). “Os cursos ministrados destacaram o papel do membro da Cissspen, bem como a importância dos planos de trabalho na gestão de riscos nas casas prisionais”, comenta Maria Muccillo.

Os cursos e a participação no livro estão inseridos no Sistema de Gestão e Projetos de Atividades (SGPA). O livro “Educação nas Prisões”, publicado pela editora Paco Editorial contém 436 páginas e 24 capítulos, onde os autores descrevem suas experiências educativas realizadas no sistema prisional do Brasil.

O artigo da educadora Muccillo faz parte do capítulo sobre Políticas Públicas. “As atividades educativas realizadas junto à SUSEPE/RS, permitiu que escrevêssemos um capítulo sobre a trajetória do envolvimento e persistência dos seus servidores em ver realizado um velho sonho: o de obter uma política de segurança e saúde no trabalho institucional com seus devidos desdobramentos”, informa Muccillo. Completa que as questões relacionadas à SST foram abordadas de formas dinâmicas e com propósito de melhoria contínua, mas que tudo foi possível com o apoio da chefia da regional e, sobretudo, do corpo técnico.

Na apresentação do livro, os autores Fernanda Marsaro dos Santos, Candido Alberto Gomes e Ivar César Oliveira de Vasconcelos, comentam “Este livro é um desafio ao clima de ócio: escrito por muitas mãos do Brasil, Argentina e Portugal, de várias especialidades, apresenta experiências concretas e reflexões sobre as prisões. Mostra que a mudança é possível, inclusive para grupos mais vulneráveis entre os vulneráveis, como as mulheres. A obra se destina à sociedade em geral, a educadores, operadores do Direito, àqueles que trabalham com os internos. Eles podem, apesar dos muitos pesares, acender a luz da esperança e a sociedade espera a sua esperança”.

Para Muccillo que é especialista em orientação educacional, em seus cursos ela acredita que o educador tem um papel fundamental ao acolher o educando, e facilitando sua aprendizagem faz com que o conhecimento seja repassado de forma a construir agentes multiplicadores. Diante disso, a servidora escreve uma mensagem para os participantes da décima e última turma, na carta Formação em Segurança e Saúde no Trabalho do Servidor Penitenciário no Rio Grande do Sul. “Essas conquistas onde servimos de intermediários é que contam na vida”, frisa Muccillo.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.