Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

Alunos do Instituto Federal de Goiás participam de atividades na Fundacentro

Estudantes do Instituto Federal de Goiás, Campus Goiânia

Parceria entre Fundacentro e Instituto Federal de Goiás, Campus Goiânia teve inicio em 2011

Por Fundacentro/ACS-Alexandra Rinaldi em 23/05/2019

Os alunos do Instituto Federal de Goiás estiveram na sede da Fundacentro (Centro Regional do Distrito Federal), em 13 de maio, data em que participaram de diversas atividades sobre prevenção de acidentes e cultura de prevenção.

A ida dos 14 estudantes, acompanhados do professor do curso de Engenharia Civil do Instituto Federal de Goiás – Campus Goiânia, Humberto Rodrigues Mariano, faz parte do “Projeto SST na Educação Básica, Profissional e Educação de Jovens e Adolescentes”, coordenado pelo tecnologista e servidor da Fundacentro, Luiz Augusto Damasceno Brasil.

As atividades que foram conduzidas nos períodos matutino e vespertino contaram com aulas, painel de debates, exibição de filmes, mostra de aplicativos de SST e equipamentos de avaliação ambiental.

De acordo com o coordenador Luiz Brasil, estudantes e professor avaliaram os conteúdos, a didática utilizada e clareza das exposições como ótimos. Também parabenizaram a iniciativa da Fundacentro e o acolhimento do chefe do Centro Regional do Distrito Federal, Dionisio Leone Lamera, do coordenador da atividade, Luiz Augusto Damasceno Brasil e dos servidores, Marcos Fraga e Itamar de Almeida Leandro.

Parceiras desde 2011

A parceria entre a Fundacentro e o Instituto Federal de Goiás, Campus Goiânia foi firmada em 2011, com o início do projeto SST na Educação Básica, Profissional e EJA (Educação de Jovens e Adultos), que vem sendo executado com a metodologia de atividades extraclasses, onde os alunos, professores e coordenadores participam das atividades fora da escola, no ambiente de ensino da Fundacentro, com o menor nível possível de dispersão.

“Apuramos por meio dos relatórios anuais, que em sua maioria, os participantes têm considerado a iniciativa da Fundacentro importantíssima para a formação profissional, aplicação didática e enriquecimento intelectual”, comenta Brasil.

O coordenador destaca ainda a importância dos conteúdos teóricos e práticos oferecidos que permitem que os alunos conheçam os principais riscos de acidentes e doenças presentes nos ambientes de trabalho, as principais medidas de proteção coletiva e individual, os métodos utilizados para avaliação dos ambientes de trabalho (NHOs) com foco na apresentação e manuseio de instrumentos e equipamentos analógicos e digitais destinados ao levantamento e medição dos riscos físicos, químicos e biológicos, os aspectos mais importantes do campo da Ergonomia (NR-17) para prevenção de acidentes e doenças ocupacionais, as normas regulamentadoras (genéricas e específicas) do Ministério da Economia e a legislação nacional e internacional de SST.

Para Brasil, as atividades extraclasses do projeto SST na Educação Básica, Profissional e EJA são inovadoras e indutoras para difusão de dados, informações e conhecimentos voltados à semeadura e consolidação de uma cultura de prevenção de acidentes e doenças ocupacionais no Brasil.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.