Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

Fundacentro na Bahia participa de evento organizado pelo Fórumat

arte: Evilyn Cristhina da Silva

Todas as atividades são gratuitas e não necessitam de inscrição prévia

Por Fundacentro/ACS - Alexandra Rinaldi, com informações do Centro Regional da Bahia em 16/04/2019

A Fundacentro (Centro Regional da Bahia) irá participar de evento organizado pelo Fórumat (Fórum de Proteção ao Meio Ambiente do Trabalho do Estado da Bahia) no próximo dia 28 de abril, data em que se celebra o Dia Mundial de Segurança e Saúde no Trabalho, palestras, rodas de conversa e exposição de fotos que acontecem no período de 22 a 30 de abril de 2019, em locais e horários diferenciados.

Com o tema “Acidente de trabalho: um desafio coletivo”, o dia 28 de abril é lembrado em várias partes do mundo. A data, criada por confederações internacionais de trabalhadores foi escolhida em razão do acidente com a morte de 78 trabalhadores em uma mina de carvão em West, no estado da Virgínia, Estados Unidos da América.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT, 2014), as mortes e acidentes do trabalho atingem anualmente, em todo o mundo, cerca de 2,3 milhões de trabalhadores; os acidentes de trabalho sem mortes chegam a 317 milhões e as doenças relacionadas ao trabalho acometem cerca de 160 milhões de pessoas. O Brasil contribui significativamente para a estatística mundial com mais de 700 mil acidentes e adoecimentos em conseqüência do trabalho por ano registrado na Previdência Social, ocupando o quarto lugar no ranking mundial (OIT/2014).

Na Bahia, de 2014 a 2016, foram registrados 26.869 acidentes de trabalho entre segurados da Previdência Social, sendo 1.959 com sequelas irreversíveis, 24.622 com incapacidade temporária (Dataprev, INSS, 2016) e 288 óbitos por acidente de trabalho no Estado. Na origem desses acidentes encontra-se a não adoção de medidas eficazes de proteção à saúde e segurança dos trabalhadores nos ambientes e processos de trabalho.

Sabe-se que esses números são somente a ponta do iceberg. A magnitude dos acidentes de trabalho é bem maior do que mostram as estatísticas da Previdência Social, que se referem somente aos trabalhadores contratados em regime de CLT. Inúmeros casos ocorrem com servidores públicos e todos os demais trabalhadores inseridos em atividades por conta própria ou na informalidade. De 2007 a 2014, o Sistema de Informações sobre Mortalidade do (SUS) registrou um total de 1.634 mortes por acidentes de trabalho, sendo 633 nos anos 2012 a 2014, o dobro do registrado na Previdência Social.

Para debater o tema e promover um debate social sobre a necessidade de implementação de políticas públicas, a programação inclui palestras com representantes de órgãos públicos e universidades.

De 22 a 30 de abril de 2019, acontece a Exposição Fotográfica sobre as Condições de Trabalho na Bahia e no Brasil. A exposição será realizada no auditório do Ministério Público do Trabalho. O lançamento ocorrerá no dia 22 de abril, às 10h. Já a exposição, será das 9h às 16h. O auditório está localizado na Avenida Sete de Setembro, 308 - Corredor da Vitória, Salvador.

No dia 24 de abril será realizada a Audiência Pública: 28 de Abril “Investigação de Acidente de Trabalho: Uma experiência da Vigilância em Saúde do Trabalhador no SUS”. A audiência acontece às 14h, no auditório do Complexo Municipal de Vigilância em Saúde, localizado na Avenida Vasco da Gama, nº 4.209 - Bairro de Brotas.

Já na quinta (25 de abril), às 9h, a Assembleia Legislativa da Bahia sediará a Audiência Pública em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças Relacionadas ao Trabalho, com a participação da Fundacentro, da Deputada Estadual Olivia Santana, Ministério Público do Trabalho e do Estado, Ordem dos Advogados do Brasil, Superintendência Regional do Trabalho, Instituto Nacional de Seguridade Social e demais instituições. A Assembleia está situada na 1ª Avenida Centro Administrativo da Bahia, 130 - Centro Administrativo da Bahia.

No dia 26, a mesa redonda “Trabalho, Saúde e Segurança – O Enfrentamento diante do novo Contexto Legislativo” será realizada no auditório do Ministério Público do Trabalho - Corredor da Vitória, às 9h. A Fundacentro e instituições parceiras participam da atividade.

Os debatedores, Anastácio Pinto Gonçalves Filho, doutor em Engenharia Industrial, professor da Universidade Federal da Bahia e Auditor Fiscal da Superintendência Regional do Trabalho, um representante da DIVAST (nome ainda não confirmado) e o professor de Economia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Vitor Araujo Filgueiras farão parte da mesa redonda.

No sábado (27) será a vez do trabalhador doméstico receber informações importantes sobre a atividade, riscos e formas de se prevenir. Trata-se da “10ª Semana de Valorização do Trabalhador Doméstico” que contará com a Roda de Conversa Doenças Ocupacionais nas Atividades do Trabalhador Doméstico. A palestrante e Médica do Trabalho, Suerda Fortaleza de Souza se apresentará das 9h20 às 9h50, no Shopping Center Lapa, situado na Rua Portão da Piedade, Rua Coqueiros da Piedade, 155 – Barris-Salvador.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.