Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

Diretor de Administração prioriza modernização da gestão

Foto: Evilyn Cristhina da Silva

Graduado em Administração Pública, é especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

Por Fundacentro - ACS/ Alexandra Rinaldi em 12/03/2019

O diretor de Administração e Finanças, Francisco Rogério Lima da Silva, empossado pela presidente da Fundacentro em 28 de fevereiro, terá como meta prioritária a modernização da administração da instituição.

À frente da maior Diretoria da fundação, responsável por três coordenações (Recursos Humanos, Administração e Orçamento e Finanças) e pelos Serviços de Eventos, Informática e Organização e Modernização, o novo diretor é graduado em Administração Pública pela Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas.

Natural de São Paulo, ingressou na Administração Federal por meio da carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, pertencente ao antigo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, atualmente incorporada ao Ministério da Economia.

“Uma característica importante dessa carreira é o chamado exercício descentralizado, que permite a atuação dos gestores governamentais em postos chave dos órgãos da Administração Federal e em atividades de gestão, planejamento, formulação e implementação de políticas públicas”, afirma Lima da Silva.

Em sua trajetória profissional mais recente, o diretor ocupou os cargos de chefe de Gabinete na Defensoria Pública da União em São Paulo e de coordenador geral do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor – Sindec, no âmbito do Ministério da Justiça. Foi gerente dos programas finalísticos “Defesa Econômica e da Concorrência” e “Defesa do Consumidor no Plano Plurianual 2004-2007 e do Programa “Defesa do Consumidor” no Plano Plurianual 2008-2011”. Além disso, possui experiência na gestão de manutenção e evolução de sistemas corporativos, na produção de estudos e pesquisas, bem como na gestão de convênios, contratos e parcerias.

O primeiro contato dele com a Fundacentro ocorreu na interação com órgãos integrantes do Sistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor - Siass.

Sobre gestão e planos futuros para agilizar os processos de trabalho na Fundacentro, o diretor coloca que é possível modernizar o trabalho nos órgãos públicos, mesmo com todas as limitações existentes, sejam no orçamento e recursos humanos, sejam no espaço físico ou na tecnologia.

“A ideia é atuar aprofundando o trabalho de procedimentalização, de formalização, de criação de procedimentos e fluxos. É possível que encontremos, nas áreas, questões que representem algum risco institucional quanto a prazos e estratégias, principalmente na gestão dos contratos, e que tenhamos que nos voltar para dar uma atenção maior e mitigar esses riscos”, diz.

O diretor destaca ainda que, ao modernizar o trabalho e automatizar processos, entre outros ganhos, a Fundacentro avançará no cumprimento do princípio da transparência que norteia toda a atividade.

O Sistema Eletrônico de Informações - SEI, que se encontra em implantação na Fundacentro, é uma das mais valiosas ferramentas que vêm sendo usadas pelos órgãos públicos, de acordo com o diretor. Para ele, é preciso aprofundar e disseminar o SEI na totalidade da instituição, incluindo o Centro Técnico Nacional e as Unidades Descentralizadas. “Iremos estabelecer um cronograma realista, firme e célere de implantação do SEI e isso trará benefícios para todos. As pessoas terão mais respaldo e tempo para poder pensar em estratégias”, destaca.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.