Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

Ciclo de debates no Pará usa cinema para refletir sobre trabalho e saúde mental

Saúde Mental foi debatida em setembro pela servidora da Fundacentro/PA, Laura Nogueira, na SRT/PA

Atividades ocorrem durante o mês de outubro na unidade da instituição em Belém

Por ACS/ Cristiane Reimberg em 02/10/2018

A tela do cinema pode nos levar a conhecer lugares, a desenvolver novos olhares, a refletir sobre o nosso mundo e do outro. O Ciclo de Debates “Lentes sobre o Trabalho – trabalho, subjetividade e saúde mental”, a ser realizado em outubro pela Fundacentro do Pará, busca usar esse poder da sétima arte. Assim a linguagem cinematográfica é usada para a análise crítica da relação entre saúde mental e trabalho, o qual é um dos fatores que constitui a nossa subjetividade.

Esse debate é fundamental. Os afastamentos por transtornos mentais e comportamentais somaram 668.927 casos de auxílio doença previdenciário ou aposentadoria por invalidez entre 2012 e 2016, conforme os dados do 1° Boletim Quadrimestral sobre Benefícios por Incapacidade (2017).

Os encontros ocorrem sempre das 14h às 18h, de 23 a 26 de outubro, na Fundacentro do Pará, localizada na Rua Bernal do Couto, 781, no bairro Umarizal, em Belém/PA. Há 40 vagas disponíveis. Para se inscrever, entre em contato por e-mail (eventos.cepa@fundacentro.gov.br) ou por telefone - (91)3222-1973 - com a instituição.

No dia 23, será debatido o filme Linha de Corte, com a psicóloga da Fundacentro/PA, Laura Nogueira, com o tema Processo de Trabalho. Em 24/10, será apresentado Cordeiros e Carrascos, com o debate mediado pelo professor da Escola Superior da Amazônia – Esamaz, Eric Alvarenga, sobre a temática trabalho e subjetividade.

Já no dia 25, o filme Dois Dias, Uma Noite, com a professora da Faculdade de Belém – Fabel, Ana Carolina Secco de Andrade, e o debate Saúde Mental e Trabalho – Aspectos Psicodinâmicos. Por fim, em 26/10, o médico perito do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, Márcio Leno, discutirá Eu, Daniel Blake sobre Previdência e Trabalho.

A questão da Saúde Mental também esteve em pauta na palestra realizada por Laura Nogueira na Superintendência Regional do Trabalho do Pará – SRT/PA, em 28 de setembro. A atividade faz parte da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho – Canpat. A palestrante é doutora em Desenvolvimento Socioambiental pela Universidade Federal do Pará – UFPa e mestre em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz.

O evento contou com a participação da pedagoga e chefe técnica da Fundacentro/PA, Doracy Moraes, da auditora fiscal do Trabalho e chefe do Setor de Segurança do Trabalho da SRT/PA, Edna Lucia Ferreira Alves da Rocha, e do auditor fiscal do Trabalho e superintendente adjunto da SRT/PA, Jomar Sousa Ferreira Lima.

Edna Rocha e Jomar Lima coordenam a Canpat pelo Ministério do Trabalho no Pará.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.