Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

Curso Avançado de Leitura Radiológica acontece na instituição

Aula prática de Leitura Radiológica de Pneumoconiose

Testes são aplicados para avaliar conhecimento de profissionais de acordo com as Diretrizes da OIT

Por ACS/A.R. em 26/07/2013

Na semana de 1 a 4 de julho no CTN, a Fundacentro realizou o terceiro Curso Avançado em Leitura Radiológica de Pneumoconiose, com a participação da OIT e da Universidade de Kochi, Japão, ambas parceiras da entidade.

O treinamento, seguido da certificação ou recertificação dos médicos participantes foi adequado aos novos padrões da OIT, em atendimento à 7ª. versão do Guia para o uso da Classificação Internacional de Radiografias em Pneumoconiose, edição revisada e atualizada - 2011, como forma de auxiliar profissionais a realizarem a leitura em formato convencional e digital. Ao todo, foram 21 médicos, pneumologistas e radiologistas, que participaram com o objetivo de se qualificarem e certificarem em Leitura Radiológica da OIT. Dos 21 inscritos, 6 eram latino-americanos (1 médica argentina, 4 médicos chilenos e 1 médico peruano).

De acordo com o coordenador do curso, médico pneumologista e pesquisador da Fundacentro, Eduardo Algranti, a participação em cursos de treinamento é necessária para a adequada capacitação dos médicos interessados em praticarem a Leitura Radiológica. Os cursos de Leitura Radiológica eram inexistentes antes de 1985, ano em que foi realizado o primeiro curso de Leitura Radiológica de Pneumoconiose na instituição. De lá para cá, houve mudanças no formato, programa e material didático empregado e, o estabelecimento de requisitos mínimos para seleção de candidatos, pois muitos profissionais se inscreviam sem um conhecimento prévio adequado de radiologia torácica.

Pela terceira vez consecutiva, o médico José Geraldo Félix de Seixas Maciel, de Minas Gerais foi um dos 21 participantes do curso de Leitura Radiológica, tendo se submetido ao exame de recertificação neste curso.

Fabio Jose Fabrício de Barros Souza, médico de Criciúma (SC), conta que o foco neste segundo curso foi mais voltado para o treinamento mais intensivo. Para ele, este foi um aspecto positivo e o tempo limite também considerado adequado. “Considero o curso e os profissionais que atuam na Fundacentro, bem como seus parceiros, de excelente qualidade”, destaca.

Embora a leitura digital em um primeiro momento não substitua a leitura convencional, há um consenso entre os médicos de que futuramente ela será substituída. Parte das instituições já utiliza equipamentos de leitura digital, como a própria Fundacentro, mas são caros e exigem capacitação adequada. As Portarias 223 e 236 de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego fornecem as informações necessárias para a utilização de sistemas digitais das radiografias.

Igor Fedotov, do Programa de Segurança e Saúde no Ambiente de Trabalho da OIT, ressalta a importância da realização do curso e da prova de recertificação. “Este curso auxilia o profissional na leitura das radiografias e trata-se de uma linguagem muito especifica e técnica, representada por códigos que somente os profissionais que atuam em leitura radiológica sabem fazer”, diz Fedotov. O médico observa ainda que não há a obrigatoriedade do uso da leitura digital e que somente 70% das instituições na Ásia, por exemplo, fazem uso da leitura radiológica digital.

As provas realizadas pelos médicos participantes foram enviadas à Universidade de Kochi, para correção e registro e retornarão ao Brasil após 5 meses para conhecimento dos participantes.

Todas as informações sobre o Grupo de Trabalho de Leitura Radiológica, bem como informações sobre radiografias digitais, encontram-se disponíveis no subsite Silica e Silicose.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.