Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

Fazendo a Vida Fazendo Unhas: uma Análise Sociológica do Trabalho de Manicure

Download

Arquivo: PDF

info
TeseJulianaOliveira-manicure_20141209131344.pdf

Tamanho: 2,00 MB

Teses

Autor:

Unidade:

Assunto:

Manicure; Condições de trabalho

Área de Concentração:

Ano:

Resumo:

O objetivo desta tese é apresentar a análise da interação social como um meio de explicar a atividade de trabalho de manicure e a forma social que assume no Brasil. Por meio do relato das manicuras, examina as condições interacionais nas quais o trabalho é realizado associando-as às suas condições de contratação. A explicação se passa dividida em dois momentos: um sobre como o trabalho acontece e outro sobre como o trabalho é organizado socialmente, isto é, as relações sociais que o mantêm sem uma imagem profissional, mal remunerado e precário ante os riscos à saúde para trabalhadoras(es) e clientes. O primeiro capítulo apresenta dados socioeconômicos sobre o setor de embelezamento pessoal no Brasil e como o serviço de manicure tem sido abordado na literatura sociológica, verificando como os conceitos de “trabalho emocional”, “trabalho estético” e “trabalho corporal” foram formulados e aprimorados para explicar o trabalho nos serviços interpessoais, nos quais se incluem os serviços de beleza pessoal. A partir das questões presentes e ausentes dessa bibliografia, o segundo capítulo apresenta a pesquisa de campo e os pressupostos teóricos que formam a análise. O terceiro refere-se às condições do emprego de manicura encontradas na pesquisa de campo, destacando a influência do contrato de trabalho estabelecido na atividade de trabalho. Comenta-se o serviço de manicure em Montréal comparando-o em linhas gerais com o brasileiro. O quarto capítulo é dedicado a propor a interação face-a-face como um aspecto central da atividade de trabalho em serviços interpessoais, e o faz por meio da análise do relato das manicuras sobre o próprio trabalho. Por fim, o último capítulo traça algumas considerações sobre o que as interações sociais do trabalho de manicurar e as suas condições de emprego dizem da sociedade em que as manicuras trabalham e vivem.

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.